sábado, 7 de maio de 2011

Diga Não a Violência

Tenho dificuldades em aceitar esta triste realidade. Muitas mulheres agredidas e sofrem em silêncio em nome do amor. Muitas morreram silenciosamente protegendo ''criminosos'' tudo em nome do amor.

Minha mulher está gravida e ainda não sabemos qual é o sexo do/a bebe. 
Se for um menino, espero que pense como eu hoje, que seja também contra todas as forma de violência e que não cometa nenhum acto violência na sua vida e se for uma menina, aí tenho medo e muito medo. Espero que nenhum homem a violente. É provavel que eu não tenha como controlar isto, mas me preocupa muito. Por favor, deixem-me realizar meus sonhos em paz, vamos parar com a Violência. Puxaa!! Ela causa muita dor e desgraça. Ja paramos para pensar nisso? Será que é agradável ser um criminoso? Violência é crime e desculpem-me porque não consigo chamar outro nome a quem a pratica.

Quero apelar à denúncia de casos de violência. Em moçambique temos aprovada a Lei 29/2009, que é a lei sobre a violência doméstica praticada contra a mulher e tem como objectivo Prevenir, sancionar os infactores e prestar às mulheres vítimas de violência a necessária protecção. Vamos fazer o uso dela, é uma das formas que temos para acabar com a violência.

O silêncio pode trazer fatalidades. Pense nisso.

Gilberto Macuácua