segunda-feira, 5 de setembro de 2011

REPÚDIO À PUBLICIDADE DA LAURENTINA PRETA

CONFERÊNCIA DE IMPRENSA CONJUNTA (FÓRUM MULHER E LDH)
Data: 6 de Setembro de 2011
Hora: 10 horas
Local: SNJ
______________________________________________

COMUNICADO DE IMPRENSA
FORA!
À PUBLICIDADE DA LAURENTINA PRETA!!!

Estamos chocados/as.
A Empresa Cervejas de Moçambique, uma empresa “Made in Mozambique”, que deveria ser nosso orgulho nacional tornou-se nossa vergonha nacional e internacional se considerarmos que temos no nosso país visitantes de vários lugares do mundo que vieram participar nos Jogos Africanos e certamente que já viram esta publicidade.
As Cervejas de Moçambique  decidiu insultar e ultrajar as mulheres moçambicanas (e talvez todas as mulheres) com uma Publicidade que usa e abusa do corpo duma mulher - sem cabeça e sem membros inferiores - com o símbolo da cerveja estampado na região da púbis (do órgão genital), e ainda com dizeres: “Esta preta foi de boa para melhor. Agora com uma garrafa mais sexy”, justamente para denotar que ela não tem rosto, nem cabeça nem pernas para tomar seu rumo, é apenas objecto sexual. Além de sexista esta mensagem é RACISTA!!!
Car@s cidadãs e cidadãos moçambicanos, pais e mães, mulheres e homens, amigas e amigos deste país sem igual, esta publicidade não pode continuar no ar!
Porquê que os capitalistas do nosso país, para venderem os seus produtos têm de incluir no pacote o corpo de uma mulher como um objecto igualmente comercial, e talvez gratuito já que não tem identidade própria (sem rosto, sem cabeça, sem pernas não tem identidade)? Porquê tanto sexismo? Já pensamos no dano que causamos às nossas crianças, adolescentes, jovens que a caminho da escola são chocadas com imagens como a que a Laurentina está a propagar? São mensagens subliminares porque estão expostas em pontos estrategicamente públicos, e os utentes das vias públicas não têm opção de escolher se querem ou não consumir essas imagens.
Será isto tudo o que temos para vender aos visitantes que vieram para os jogos africanos? Será que a nossa cerveja só tem gosto se ela tiver que estar associada ao sexismo?
Somos mulheres e homens com dignidade, nosso corpo não pode ser exposto como produto comercial mediatizado.
Esta é uma violação dos Direitos Humanos e dos Direitos Humanos das mulheres.
Esta publicidade é uma violência contra as mulheres e homens e contra toda a sociedade moçambicana, que é digna de respeito…
É uma violência contra as crianças que têm o direito de crescer em ambiente são e com valores positivos.
Exigimos que a publicidade seja retirada imediatamente de todos os espaços públicos e que a empresa responda publicamente e judicialmente.
Exigimos o respeito pela dignidade da mulher e pelo corpo da mulher.
Somos cidadãs e cidadãos que pagamos impostos e temos o direito á liberdade de circulação sem que nada ponha em causa a nossa dignidade como mulheres.
Amanha, Terça-feira, terá lugar uma Conferência de Imprensa para colocarmos o Posicionamento do Fórum Mulher, Liga Moçambicana dos Direitos Humanos (LDH).A CONFERENCIA DE IMPRENSA TERÁ LUGAR AMANHA, TERÇA-FEIRA, AS 10:00 NO SINDICATO NACIONAL DE JORNALISTAS (SNJ)
NÃO NOS CALAREMOS!
A NOSSA LUTA E CONTINUARÁ ATÉ QUE SEJAMOS LIVRES
DE TODAS AS FORMAS DE VIOLÊNCIA!