quinta-feira, 15 de maio de 2014

Ritos de Iniciacao - O Lado Escuro. Documentario ja disponivel no youtube

https://www.youtube.com/playlist?list=PL8FBEqOIT9aLtejU3XghGfqMmbjR8m9nm



Os ritos de iniciação são uma componente cultural importante no processo de definição da identidade em algumas comunidades em Moçambique. É durante este processo que são transmitidos os valores que definem como os rapazes e raparigas irão comportar-se no futuro, não só ao nível social, mas também como vêem a sua sexualidade. 

No entanto, casos de das violações sexuais colectivas e abuso sexual de mulheres perpetrados por homens envolvidos em rituais de iniciação masculinos nas províncias de Cabo Delgado e Nampula são frequentes mas, ninguém fala do assunto, por temer represárias e é também associado a tabus e crênças de que algo terrível pode acontecer na sua vida caso fale sobre o assunto .

A reportagem de 43 minutos, investiga e denuncia uma grave violaçao dos direitos humanos torna publicas informações consideradas secretas nos ritos de iniciacao, quebra o tabú de que, ao confrontar-se pessoas que lideram este tipo de rituais pode-se até morrer. O Jornalismo exige coragem e criatividade na busca de informacao. Esta reportagem, demonstra isso ao fazer falar as pessoas proibidas pela tradicao, incluindo mulheres vitimas que sofriam no silêncio e sem apoio das famílias, comunidade, estruturas admistrativas locais nem de justiça.

É uma reportagem que emocionou muitos telespectadores e telespectadoras sobretudo quando as vítimas falaram na primeira pessoa o que sofreram e o que sofrem até hoje.

Para além das vítimas, traz a voz das lideranças comunitárias, governo local, mestres dos ritos de iniciação, jovens que passaram pelos ritos de inciação, religiosos, sociedade civil, servicos de saude, polícia e o tribunal que está na posse de um dos casos de violacao, todos falando na primeira pessoa.

Sentimos que vamos contribuir para que as leis contra violencia e as que promovem a igualdade de genero sejam efectivamente cumpridas e a sociedade faça uma reflexao critica a cerca do problema em causa.

Gilberto Macuacua